Oferecimento:
Menu

Publicidade
LOPES
TAXI
Z CENTER AUTO PEÇAS
LABORATÓRIO BIO CLIN
LUANA DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS
SEMACON
OMEGA
COMERCIAL  BOA ESPERANÇA

Colunistas
Juízos apressados

Enquete

Para 2015 qual dos cursos do Polo UAB você gostaria de receber?



 Administração Pública
 Biblioteconomia
 Ciências Naturais e Matemática
 Ciências Naturais Ensino Básico




Links

FaceBook



Tempo
Publicidade
AJES
GRUPO KRUPINSK
RICO
DETETIZADORA
CASA BELA
Sindicato Rural
WIZARD
Inviolavel
Noticias
ROCKENBACH
Grêmio vence River Plate-SE e avança para a 2ª fase da Copa do Brasil
   21/03/2012 - 23:57:35
Fonte: Gazeta Esportiva   


Mais uma vez, o Grêmio levou um susto, mas venceu o River Plate-SE. Assim como na partida disputada há duas semanas em Aracaju, o time de Vanderlei Luxemburgo saiu perdendo para os sergipanos, mas alcançou novamente a virada e venceu por 3 a 1, gols de Marcelo Moreno, Werley e Léo Gago, classificando-se para a segunda fase da Copa do Brasil.

 

A equipe gaúcha não chegou a fazer um bom jogo. Depois de ensaiar uma pressão nos minutos iniciais, o Grêmio foi surpreendido pelo gol de Lelê e cometeu erros bobos. Mesmo assim, criou chances e empatou ainda no primeiro tempo, com Marcelo Moreno. Com a expulsão de Lelê ainda na etapa inicial, as coisas se facilitaram no segundo tempo, que foi dominado pelos gaúchos.

 

O Grêmio agora enfrentará o Ipatinga na segunda fase da Copa do Brasil. A partida de ida será em Minas Gerais. Caso vença por dois gols de diferença, o Tricolor elimina a necessidade do jogo de volta. A equipe volta a campo domingo, pelo Campeonato Gaúcho, contra o Cruzeiro-RS.

 

O jogo - Sem quatro titulares, o River Plate-SE veio a Porto Alegre cauteloso, mas sem deixar de agredir o Grêmio quando podia. Apesar do susto de sair perdendo, o primeiro tempo foi dominado pelo time gaúcho. Logo aos quatro minutos, Marco Antônio mandou uma bomba que raspou o travessão de Pablo.

 

Aos 11, veio o gol sergipano: após cobrança de falta e um bate-rebate na área, a bola sobrou para Lelê, que ganhou dividida com o goleiro Victor e chutou para o gol vazio, abrindo o placar. A resposta gremista foi firme: aos 16, Marcelo Moreno acertou belo voleio, defendido por Pablo. Aos 20, Moreno lançou Bertoglio na área, mas Fernando Belém evitou a conclusão do argentino. No minuto seguinte, Kleber é quem foi servido pelo centroavante, obrigando o goleiro do River a grande defesa.

 

Após esta pressão, o Grêmio viveu seu pior momento no jogo, sem conseguir entrar na área adversária e cometendo erros bobos, que enervaram a torcida no Olímpico. Aos 27, Victor falhou em chute de longa distância e quase colocou para dentro do próprio gol. A situação só se tranquilizou aos 34: Kleber fez grande passe para Marco Antônio, que deixou Marcelo Moreno sem goleiro. Mesmo se enrolando todo com a bola, o centroavante conseguiu empurrar para as redes e empatar o jogo.

 

Dois minutos depois, Lelê matou o contra-ataque do Grêmio fazendo falta por trás em Bertoglio. O árbitro Célio Amorim expulsou o centroavante sergipano. Aos 38, o goleiro Pablo evitou a virada ao espalmar chute do lateral Pará pela linha de fundo.

 

Com 10 homens em campo, o River voltou para o segundo tempo com o intuito de não perder o jogo. Os primeiros minutos foram um massacre gremista. O time de Vanderlei Luxemburgo adentrava a área sergipana o tempo todo, embora com poucas conclusões. Aos cinco minutos, Kleber limpou a marcação e obrigou Pablo a uma bela espalmada para escanteio.

 

Com a postura retrancada dos visitantes, o Grêmio baixou o ritmo, embora seguisse com o domínio da partida. Aos 18, o volante Léo Gago, que entrara no lugar de Souza, acertou um belo chute de primeira, espalmado pelo goleiro Pablo. Três minutos depois, Kleber colocou a bola na área, mas ela passou por Moreno e Werley, na boca do gol, saindo pela linha de fundo.

 

Aos 32, Kleber recebeu de passe de Marquinhos e entrou na área. A zaga afastou, mas Gabriel pegou a sobra e chutou raspando o poste, de primeira. Na jogada seguinte, Marquinhos levantou para a área com precisão e Werley se antecipou no primeiro pau, colocando de cabeça para o fundo das redes: 2 a 1.

 

Aos 39, a consolidação da vaga: Léo Gago bateu falta da entrada da área, a bola desviou na barreira e matou o goleiro Pablo. Três minutos depois, André Lima recebeu na área e serviu Bertoglio, que estava livre. O argentino deu um toquinho por cima do goleiro, mas a zaga salvou o quarto gol em cima da linha.





Imprimir Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Orkut

Grafica
IPE
Comentários:




TERMOS E CONDIÇÕES DE USO
Nome:
Email:
Endereço:
Comentário:

TopNews - Aqui você tem mais conteúdo!, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2010 - 2014 - Desenvolvido por: NIVELDIGITAL