Oferecimento:
Menu

Publicidade
LOPES
TAXI
Z CENTER AUTO PEÇAS
OMEGA
LUANA DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS
COMERCIAL  BOA ESPERANÇA
SEMACON
LABORATÓRIO BIO CLIN

Colunistas
Juízos apressados

Enquete

Para 2015 qual dos cursos do Polo UAB você gostaria de receber?



 Administração Pública
 Biblioteconomia
 Ciências Naturais e Matemática
 Ciências Naturais Ensino Básico




Links

FaceBook



Tempo
Publicidade
AJES
Sindicato Rural
RICO
GRUPO KRUPINSK
CASA BELA
WIZARD
Inviolavel
DETETIZADORA
Noticias
ROCKENBACH
Aripuanã: TCE aprova por unanimidade as contas de 2009 da câmara municipal
   04/08/2010 -
   


Redação e foto: topnews/assessoria

TCE JULGA E APROVA POR UNANIMIDADE AS CONTAS DE 2009 DA CÂMARA MUNICIPAL

As contas do exercício de 2009 da Câmara Municipal de Aripuanã foram analisadas e julgadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso na sessão ordinária do dia 15/6, E foram aprovadas pela unanimidade dos Conselheiros, seguindo o voto do Conselheiro relator Antonio Joaquim. Que julgou regulares com recomendações e determinações legais as contas anuais de 2009 da Câmara Municipal de Aripuanã. Vale ressaltar que esse exercício foi administrado pelos gestores Ademir Flori de Lima, período 1/1 a 31/1, e Seluir Peixer Reghin, período 1/2 a 31/12/2009.

Conforme dados do relatório técnico, em 2009 a receita recebida pela Câmara atingiu o montante de R$ 1.440,240, 00. O valor gasto pelo órgão, já incluindo os subsídios dos vereadores e todas as despesas com pagamentos de fornecedores, encargos, salários e custeio da máquina administrativa, resultaram numa despesa global de R$ 1,436,455,38 sendo que houve uma sobra de receita no valor de R$ 3.784,62 não sendo necessário sua utilização no Legislativo, esse valor foi devolvido ao Poder Executivo.  Excluindo os gastos com inativos. Esse total correspondeu a 7,25% da receita base do município, estando, portanto, dentro do limite de 8% estabelecido constitucionalmente.

A Vereadora Seluir Peixer Reghin (PPS) Presidenta da Câmara Municipal, esta em seu primeiro mandato parlamentar, o que poderia gerar falhas por desconhecimento dos trâmites legais, mas guiou as ações do Legislativo dentro das mais absolutas normas de probidade, impessoalidade e demais preceitos constitucionais. “Quando tive a honra de ser eleita para presidir a Câmara, procurei me cercar de uma assessoria financeira, de pessoal e jurídica de boa qualidade para que os atos do Poder Legislativo tivessem a maior transparência possível. Os vereadores são parceiros na medida em que nenhum deles praticou atos ilegais com os recursos públicos e outros”, afirmou a Presidenta.

O voto do relator se resume ao seu veredito. “Julgar, com base nos Artigos 1º, inc. II e 21, da Lei Complementar 269/2007, (Lei Orgânica do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso), REGULARES COM RECOMENDAÇÕES E DETERMINAÇÕES LEGAIS as Contas Anuais de Gestão da Câmara Municipal de Aripuana/MT, referentes ao exercício de 2009, sob a gestão da Senhora. Seluir Peixer Reghin;”  reza o conselheiro Antonio Joaquim.





Imprimir Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Orkut

Grafica
IPE
Comentários:


  Nome: eleitora         Email:

Comentário: Parabéns Celuir... é isso ai, quem trabalha com seriedade e competencia nos orgãos publicos tem o mérito reconhecido sem presciar de QI....ao contrário da grande maioria vc tem demosntrado comprometimento com seus eleitores, e é uma pessoa de inspira confiança... siga a diante desta forma, e veras que os frutos serão sempre de muita boa qualidade...



TERMOS E CONDIÇÕES DE USO
Nome:
Email:
Endereço:
Comentário:

TopNews - Aqui você tem mais conteúdo!, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2010 - 2014 - Desenvolvido por: NIVELDIGITAL