ARIPUANÃ, Segunda-feira, 19/10/2020 -

NOTÍCIA

Infraero analisa pesquisa que apontou aeroporto de MT como pior

Data: Terça-feira, 21/05/2013 00:00
Fonte: Só Notícias/Weverton Correa

A superintendência da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) divulgou nota informando que estão sendo analisados os dados da pesquisa que apontou o aeroporto Marechal Cândido Rondon com pior índice de avaliação dentre os 15 relacionados às cidades sedes da Copa do Mundo de Futebol, do ano que vem. De antemão, adiantou que as informações são importantes para que os serviços possam ser melhorados, mas lembrou que o local está em obras de ampliação e reforma desde abril do ano passado. A partir da compilação, as medidas necessárias devem ser tomadas.



Na pesquisa realizada pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, o principal aeroporto mato-grossense ficou em último, nos indicadores gerais, com 3,46 pontos (em uma escala de 1 a 5) a partir da percepção dos passageiros, permanecendo atrás do aeroporto Galeão (RJ), 3,51 e também do de Manaus (AM), 3,51. O de Curitiba (PR) teve a melhor avaliação, 4,21.



Pouco mais de 21,2 mil pessoas foram entrevistadas, entre janeiro e março. Entre os elementos avaliados estiveram acesso, check-in, emigração, inspeção de segurança, imigração, aduana, instalação aeroportuária, ambiente do aeroporto e satisfação geral. Dentre os itens, no tempo de fila para o check-in de autoatendimento, o aeroporto recebeu nota 3,5 ficando em último. Já tempo da fila no guichê, ficou em penúltimo, com 3,6, quase a mesma pontuação (3,9) da eficiência deste serviço, que o deixou em 14ª lugar.



Conforme Só Notícias já informou, um relatório do Tribunal de Contas do Estado divulgado, no início do mês, aponta que as obras de reforma e ampliação do aeroporto estão atrasadas para a copa. Somente 2,67% do projeto já teriam sido executados nos três primeiros meses de trabalho. As intervenções devem ser concluídas em março do que vem, com investimentos estimados em R$ 100 milhões.