ARIPUANÃ, Sexta-feira, 04/12/2020 -

NOTÍCIA

Falso médico infetou 21 pessoas com HIV na Índia

Data: Quinta-feira, 08/02/2018 00:00
Fonte: Zap

Um falso médico, na Índia, infetou pelo menos 21 pessoas com HIV. As infeções terão ocorrido devido ao facto de as agulhas utilizadas nas infeções não serem mudadas.

 

Um falso médico infetou dezenas de pessoas no norte da Índia com HIV, dando vacinas baratas sempre com a mesma seringa, que apenas era limpa com água.

 

O aumento de infeções foi detetado em dezembro do ano passado pelas autoridades, nos hospitais do distrito de Unnao, em Uttar Pradesh, o estado mais populoso do norte da Índia.

 

De acordo com o Expresso, as autoridades notaram que muitos doentes falavam de um indivíduo que se apresentava como médico e que tinha andado, o ano passado, a visitar vilas e aldeias de bicicleta, oferecendo vacinas a uma fração do preço de uma vacina normal – com a mesma seringa, o falso médico chegava a dar cerca de 50 vacinas diárias.

 

“Ele era como um anjo para nós. Os médicos do governo prescreviam-nos medicamentos que custam entre 100 e 300 rupias, mas a sua injeção custava apenas 10 rupias(0,126 euros). Se tivéssemos boa assistência médica oficial, por que é que tanta gente iria a Yadav”, disse um habitante local.

 

Yadav era um dos nomes pelos quais o falso médico era conhecido, mas o verdadeiro nome parece ser Rajendra Kumar. O falso médico encontra-se, neste momento, em fuga.

 

Quando for encontrado, será acusado de vários crimes como o de ofensas corporaispraticadas com meios perigosos, o de espalhar doenças infecciosas e o de praticar medicina sem permissão legal.

 

Segundo as autoridades, que instalaram campos de testes no local, em 566 pessoas analisadas, 33 tinham HIV.